Silk-Screen é um processo de impressão no qual a tinta é vazada pela pressão de um rodo através de uma matriz preparada. A Matriz serigráfica de poliéster é esticada em um quadro de alumínio. A "gravação" da matriz se dá pelo processo de foto sensibilidade, onde a matriz preparada com uma emulsão fotossensível é colocada sobre um Fotolito, sendo este conjunto matriz + fotolito colocado por sua vez sobre uma mesa de luz. Os pontos escuros do fotolito correspondem aos locais que ficarão vazados na tela, permitindo a passagem da tinta pela trama do tecido, e os pontos claros (onde a luz passará pelo fotolito atingindo a emulsão) são impermeabilizados pelo endurecimento da emulsão fotossensível que foi exposta a luz.

É utilizada na impressão em variados tipos de materiais (papel, plástico, borracha, madeira, vidro, tecidos e malhas, etc), superfícies (cilíndrica, esférica, irregular, clara, escura, opaca, brilhante, etc.), espessuras ou tamanhos, com diversos tipos de tintas ou cores. Pode ser feita de forma mecânica (por pessoas) ou automática (por máquinas).